Fase final da oitava edição dos Jogos Abertos do Pará é iniciada em Castanhal

 

Foi aberta na noite desta quarta-feira, 17, em Castanhal, região nordeste do Estado, a etapa final dos VIII Jogos Abertos do Pará, evento do Governo do Estado realizado pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). O evento será realizado até domingo, 21. Castanhal está recebendo cerca de 800 atletas de 22 municípios paraenses. A abertura oficial foi realizada no ginásio Loyola Passarinho, bairro da Estrela, que receberá também algumas das partidas da competição. Toda a programação tem entrada gratuita.

A programação dos Jogos abertos se iniciou na terça-feira, 16, com o congresso técnico, que definiu as regras de competição para esta fase. Também houve o sorteio das chaves de cada modalidade. Durante a competição serão disputadas quatro modalidades esportivas nas categorias feminino e masculino: basquetebol, futsal, handebol e voleibol. Além do ginásio Loyola Passarinho – onde está localizada também a secretaria dos Jogos - os ginásios José Maria Mamede e do Serviço Social do Comércio (Sesc), além da quadra Personal Sport, receberão as disputas.

Municípios - Desde que foram iniciadas as etapas regionais dos VIII Jogos Abertos do Pará, em abril deste ano, cerca de 3.400 atletas já participaram das disputas. Ao todo, 58 municípios do Estado de todas as meso-regiões do Pará foram representados nas fases regionais. Os municípios que participam da fase final dos Jogos são Abaetetuba, Ananindeua, Barcarena, Bragança, Breu Branco, Cametá, Castanhal, Mãe do Rio, Moju, Monte Alegre, Óbidos, Ponta de Pedras, Paragominas, Parauapebas, Rondon do Pará, Santarém, Soure, Tucuruí, Ulianópolis, Vigia e Viseu.

Na abertura, as delegações desfilaram sob o som da banda Municipal 28 de Janeiro, da cidade de Castanhal. Ao todo, 20 árbitros acompanharão as partidas, sendo seis de futsal, quatro de voleibol, cinco de basquete e cinco de handebol. Entre as autoridades presentes estiveram Paulo Titan, prefeito de Castanhal; Renilce Nicodemos, titular da Seel, que representou no ato o governador do Estado Simão Jatene; Helio Júnior, secretário de Esporte e Lazer de Castanhal e Giovanni Maiorana, dirigente das Organizações Romulo Maiorana (ORM).

O fogo simbólico que acendeu a pira olímpica foi conduzido pelo atleta Bruno Pereira, da delegação de Ulianópolis, e o juramento do atleta foi feito por Rebeca Reis Fonseca, de Castanhal. Durante a abertura, foram apresentadas algumas coreografias de dança, como a das escolas Soraya Monteiro, Lameira Bittencourt, de Castanhal, e Michela Torres, de Parauapebas, cuja bailarina Tainara Costa é portadora de necessidades especiais e cadeirante.

O prefeito de Castanhal, Paulo Titan, demonstrou a satisfação pela cidade ser a sede dos Jogos pela primeira vez fora da capital do Estado. “Temos a honra de receber esta competição em nossa cidade. Desejamos que estes jogos sejam competitivos, mas também de integração. E nos colocamos à disposição para que este município seja uma espécie de sede permanente dos Jogos Abertos”, apontou o prefeito.

Para Renilce Nicodemos, os Jogos Abertos são um momento de competições, mas também de muita união entre os atletas. “Estamos aqui recebendo atletas de todo o Pará. É uma grande satisfação para a secretaria ver que muitos deles vieram de longe, superando obstáculos, vencendo barreiras, para que o esporte amador seja valorizado”, disse a secretária. “Temos grandes atletas no Estado e nossa missão é estimular, valorizar e revelar os muitos talentos que precisam ser descobertos”, completou.

Serviço:

Etapa final estadual dos VIII Jogos Abertos do Pará, até o dia 21 de setembro, nos ginásios Loyola Passarinho, José Maria Mamede e do Serviço Social do Comércio (Sesc) e quadra Personal Sport, em Castanhal, região nordeste do Pará. Partidas pela manhã, à tarde e à noite. Entrada gratuita.

Dedé Mesquita - Ascom/ Seel

Foto: Sidney Oliveira - Agência Pará de Notícias