Estádio Olímpico do Pará recebe R$ 7 milhões em investimentos

A Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) fechou parceira com o Ministério do Esporte para investir mais de R$ 7 milhões no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão. “O Ministério acenou que, além dos R$ 800 mil já assegurados, nos próximos dias receberemos mais R$ 2.324.320, isso fazendo parte do montante de R$ 7.090 milhões conseguidos pelo governo do Estado, que desponta no cenário nacional e internacional esportivo”, anunciou o titular da Seel, Marcos Eiró, nesta quarta-feira (22).

O recurso será usado na troca completa do gramado, pintura geral do estádio, aquisição de catracas e sistema de câmeras de monitoramento, tudo no padrão da Federação Internacional de Futebol (Fifa). Segundo o secretário, também serão executadas obras de infraestrutura elétrica, engenharia e hidráulica.

“Será uma obra de grande valia para o futebol do Pará. Nosso Estado se transformou em um cartão postal esportivo graças ao fomento em diversas áreas do setor esportivo”, ressaltou Marcos Eiró, afirmando que o investimento no Mangueirão é resultado da grande visibilidade dos diversos eventos esportivos, alguns internacionais, que ocorrem e que ainda vão ocorrer no Estádio Olímpico.

Um exemplo disso foi o Grande Prêmio Brasil Caixa Governo do Pará de Atletismo 2013, que ocorreu dia 12 de maio, reunindo mais de 170 atletas de 30 países. Belém foi escolhida como a única sede sul-americana a receber esta principal etapa de competições da International Association of Athletics Federations (IAAF). Mais de 23 mil pessoas foram ao Mangueirão assistir às competições, transmitidas ao vivo para todo o país.

Em seguida, ocorreu o 37º Troféu Norte Nordeste Governo do Pará de Atletismo, que reuniu 16 Estados brasileiros e outros 170 atletas. Além do atletismo, Belém recebeu em 2012 o Roadshow Soccerex, um dos maiores eventos de futebol do mundo, destinado a promover o potencial da cidade como Centro de Treinamento durante a Copa do Mundo 2014 junto aos representantes das oito seleções internacionais presentes à programação.

“Conseguimos este feito, e Belém, mais precisamente o Mangueirão, será Centro de Treinamento para oito seleções durante a Copa do Mundo”, ressaltou Marcos Eiró. Palco constante dos jogos do Campeonato Paraense, reunindo em média 20 mil torcedores por partida, o Mangueirão também recebeu o Super Clássico das Américas, em 2011.

Belém também será vista durante as Olimpíadas Rio 2016. A capital paraense recebe, dia 13 de setembro deste ano, a bandeira das Olimpíadas. Segundo o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016, o objetivo do Tour das Bandeiras é levar o espírito olímpico às capitais e promover os jogos Rio 2016 em todo o país. “Somos bem vistos pelo Comitê e fomos contemplados com a passagem da bandeira olímpica pelas ruas de Belém”, finalizou o secretário de Esporte.

Liandro Brito - Ascom/Seel