Estádio Olímpico do Pará é aprovado por representantes de seleções

Na manhã do último sábado, 6, o Estádio Olímpico do Pará recebeu a visita dos representantes das oito delegações de futebol que participam, em Belém, do Roadshow Soccerex - Inglaterra, Chile, Romênia, África do Sul, Ucrânia, Zâmbia, Costa Rica e Nigéria. O grupo foi ciceroneado pelo secretário de Estado de Esporte e Lazer, Marcos Eiró, que apresentou aos dirigentes todas as instalações do complexo esportivo, desde a área externa, passando pelos vestiários e sala de monitoramento de segurança. O grupo se mostrou bastante impressionado com a infraestrutura do Estádio, que recebeu aprovação unânime da comissão.

Do gramado, os visitantes puderam ter uma perspectiva mais ampla da grandiosidade do Estádio Olímpico do Pará. O representante da seleção da Costa Rica, Álvaro Mensen, que foi goleiro do seu país nas Copas do Mundo da Coreia e Japão, em 2002, e da Alemanha, em 2006, gostou muito da estrutura apresentada e se declarou satisfeito com o que viu na capital paraense. ‘’Belém mostrou que tem um projeto consistente para receber as seleções e se preocupou em explorar cada uma de suas potencialidades. O Mangueirão é um belo estádio e tem plenas condições de receber qualquer seleção no período de treinamentos que antecede a Copa’’, concluiu.

Gafar Olawale Liameed, que representa a Federação Nigeriana de Futebol, ficou encantado com a estrutura do Estádio Olímpico do Pará. “A estrutura é fantástica e com certeza vamos fazer de tudo para trazer a Nigéria aqui para Belém. Estamos lutando para nos classificar para a Copa e depois de garantirmos nossa vaga faremos de tudo para que a seleção nigeriana venha para cá”, afirmou.

Marcos Eiró, titular da Seel, acompanhou o bate-papo da comitiva no centro do gramado e frisou a importância da realização do Roadshow Soccerex em Belém e da presença dos representantes das seleções e ligas esportivas durante os três dias da programação. ‘’O evento da Soccerex foi um sucesso; credenciamos Belém e mostramos para o mundo que podemos receber as seleções internacionais durante o período que antecede a Copa. Isso mostra que a capital do Pará está mais do que habilitada a sediar um Centro de Treinamento de Seleções. O Governo do Pará, por intermédio da Seel, não vai resumir seus esforços a essa etapa preparativa da visita. Novas ações já estão sendo elaboradas e serão colocadas em prática em breve. Queremos transformar Belém e Santarém em Centros de Treinamento para a próxima Copa e deixar esse legado aos esportistas do Estado.

Após a visita ao Estádio Olímpico, os representantes das delegações visitaram o Mangal das Garças, onde tiveram a oportunidade de vislumbrar um pedaço da floresta amazônica e onde puderam degustar um pouco da culinária regional no restaurante do parque ecológico - Manjar das Garças - e em seguida foram conhecer o centro histórico de Belém, o complexo Feliz Lusitânia e a Estação das Docas, de onde partiram para um passeio fluvial pela Baía do Guajará ao som dos ritmos paraenses.