Copão Castanhalense de Futsal reúne mais de 110 times

O 1º Copão Castanhalense de Futsal Masculino 2013 iniciou nesta quarta-feira, 21, com seis jogos e times com nomes bem curiosos, como Demolidores FC, Tropa de Elite, Pebão, Bonitãozão e os internacionais Barcelona e Portugal. O evento é realizado pela Prefeitura de Castanhal com apoio da Secretaria de Estado Esporte e Lazer (Seel). São mais de 110 equipes que se enfrentam em oito ginásios municipais distribuídos por sete bairros da cidade. A competição conta com a participação de árbitros da Federação Paraense de Futsal (Fefuspa).

Outros municípios próximos à Castanhal também participam do Copão, como Americano, Igarapé-Açu, Inhangapi, Marapanim, São Domingos do Capim, Terra Alta e Belém. “São mais de 1.200 atletas em apenas uma competição. É o maior campeonato de futsal do Brasil, em quantidade de equipes, coordenado pela federação”, afirma o secretário de Esporte e Lazer de Castanhal, Helio Pereira. “Apresentei o projeto e ele gostou, assim como vários outros eventos esportivos que temos. O que queremos é ampliar essa parceria”, comentou Helio sobre o encontro com o titular da Seel, Vitor Miranda.

A fase eliminatória contará com 36 jogos e a grande final acontece dia 27 de setembro, no ginásio Loiola Passarinho. Os jogos continuam nesta quinta-feira, 22, a partir das 19h30, em Apeú, Titanlândia e Ianetama. A disputa será entre Abusados da Silva x Ciclone; Bonde dos Pakitos x Cohab Time Negra; Portugal (Cariri) x Paulo Chassis; Amigos do Beloso x PSG Catanhalense; Esporte R’Tely x Esporte Itamarati; Fernebahce (Calúcia) x Legendários.

O time vencedor recebe um prêmio de R$ 3 mil. O vice campeão receberá R$ 2 mil, além de troféus e medalhas. “Não poderíamos deixar um evento desta dimensao sem o apoio da Seel. A Prefeitura de Castanhal vem se mostrando um grande motivadora da prática esportiva, prova disso são os 29 ginásios espalhados pela cidade. Por isso mesmo pretendemos manter essa parceria para movimentar ainda mais o esporte local”, enfatizou Vitor Miranda.

Liandro Brito - Ascom/Seel