Cametá faz último treino no Mangueirão antes da decisão

Na manhã desta sexta-feira, o Cametá fez o último treinamento no Estádio Olímpico do Pará, palco do jogo de domingo contra o Remo, com a vitória por 2 a 1 no primeiro jogo, o mapará joga pelo empate para ser o campeão, caso o Remo vence por 1 a 0, o campeão será definido nos pênaltis, e para levantar a taça sem as penalidades o time azulino precisa de uma vitória por dois gols de diferença. Além do título as duas equipes brigam também para garantir uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro em 2012, que este ano terá o apoio financeiro da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
 
Foto: Cametá faz últimos ajustes antes da decisão. (Alessandro Tabosa)
 
Mesmo com a vantagem obtida na primeira partida, o técnico Sinomar Naves e os jogadores afirmam que não pensam em jogar recuado no domingo. “Para o nosso time é como se a decisão estivesse começando agora. O resultado do primeiro jogo já foi esquecido”, afirmou o goleiro Evandro, que no primeiro jogo teve uma ótima atuação. Até mesmo o artilheiro da competição, Rafael Paty disse que trocaria o posto de maior goleador do campeonato pelo título. “Não adiantaria nada eu ser o artilheiro, se nós não sairmos com o título no domingo. Não iria ter motivos para eu comemorar”, disse Paty que já marcou 11 gols no Parazão e divide a artilharia ao lado de Branco do Águia de Marabá.
 
A única dúvida do técnico que é atual campeão paraense quando comandou o Independente em 2001 é na defesa, com o lateral Américo suspenso, Paulo Henrique, que também é lateral, e o volante Paulo de Tárcio que já atuou neste posição algumas vezes e pelo sua experiência poderá ganhar a vaga. O Cametá tem escalação praticamente definida com: Evandro, Paulo Henrique (Paulo de Tárcio), Gil Cametá, Alisson, Souza, Júlio César, Ricardo Capanema, Ratinho, Soares, Jaílson e Rafael Paty.
 
Do outro lado...
 
Pelo lado do Remo que treinou durante a semana na cidade de Castanhal, para fugir um pouco da euforia e agonia da capital, vê no jogo de domingo a chance de quebrar um tabu, afinal não é campeão paraense desde 2008, mas para isso o Remo além de encarar o Cametá, precisa reverter a vantagem do mapará e de quebra não poderá contar com até quatro jogadores considerados titulares. O técnico Flávio Lopes experimentou várias formações para tentar montar um time para domingo, o treinador não poderá contar com Magnum e Reis que estão suspensos e Jhonnatan que ao lado de Cassiano sofreram lesões durante os treinos e são dúvidas para o jogo, por isso Flávio Lopes testeu o time num 4-4-2 clássico, podendo ter algumas mudança na escalação final. O Remo poderá ir a campo domingo com: Adriano, Cássio (Thiago Cametá), Diego Barros, Edinho, Aldivan, Juan Sosa, Adenísio, Betinho, Marciano, Cassiano (Joãozinho) e Fábio Oliveira.
 
Os ingressos começaram a ser vendidos na manhã de hoje na sede social do clube, na avenida Nazaré. Os preços de arquibancadas são promocionais até amanhã, R$ 15, com a meia-entrada sendo R$ 7.  Já as cadeiras terão um preço único de R$ 40. Apostando na força da torcida, a diretoria azulina solicitou a carga máxima de 42 mil ingressos para a decisão.
 
Bernardo Tommaso – Ascom/SEEL