Belém sedia maior evento de negócios do futebol mundial

   

Um evento internacional voltado para discussão de assuntos relacionados àquela que é considerada a maior paixão nacional: o futebol. Belém é a primeira cidade brasileira a sediar um roadshow, uma rodada de debates e apresentações, que tem como objetivo mostrar o potencial da capital paraense para recepcionar uma seleção participante da Copa do Mundo de 2014. A cerimônia de abertura do encontro aconteceu na última quinta-feira, 4, no Hangar Convenções e Feiras da Amazonia, e contou com a presença do governador do Pará, Simão Jatene, autoridades, representantes de federações esportivas e personalidades do futebol mundial. O evento é promovido pela Soccerex, empresa líder de eventos de negócios para o futebol, em parceria com o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). Vejas fotos, clique aqui!

Dirigentes de oito federações internacionais, entre elas Inglaterra e Costa Rica (seleções com grandes chances de classificação), estão em Belém para conhecer o que de melhor a cidade tem a oferecer para as seleções que pretendem disputar a Copa do Mundo de 2014. No último mundial, realizado na África do Sul, a Soccerex movimentou mais de U$$ 500 milhões em negócios para o país sede. Segundo um dos embaixadores da Soccerex, o ex-treinador da seleção brasileira de futebol Carlos Alberto Torres, Belém tem um grande potencial para tornar um Centro de Treinamento. "Esse fórum vem evindenciar a infraestrutura da cidade e seus atrativos para receber uma seleção. É um evento que reúne as grandes empresas que atuam no mercado do futebol mundial, e todos os atores que participam estão envolvidos direta ou indiretamente com o esporte", detalha.

A capital paraense está entre as 54 cidades aptas a se tornar um Centro de Treinamento de Seleções. Para o presidente da Soccerex, Duncan Revie, no cargo há 17 anos, Belém ocupa uma posição de destaque, pois na primeira edição do roadshow já está recepcionando representantes de oitos federações. Desde o dia 1º de setembro, as seleções podem indicar suas preferências para a FIFA, mas a escolha final só acontecerá depois sorteio das chaves da Copa do Mundo, que acontece ao final das eliminatórias, em dezembro de 2013. "É um excelente começo, pois algumas das principais seleções estão aqui para conhecer a cidade, que já saiu na frente atraindo um evento dessa magnitude", destacou Revie.

Nesta sexta-feira, 5, a programação do roadshow inclui palestras, debates e networks. No sábado, 6, os participantes farão uma visita técnica aos pontos turísticos da cidade e ao Estádio Olímpico do Mangueirão. De acordo com o governador Simão Jatene, os investimentos feitos no setor colocaram o Pará na rota dos grandes eventos esportivos, exemplo do Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos e do Grande Prêmio Brasil Caixa de Atletismo. "São investimentos para a cidade, para o Estado, mas sobretudo, para a população. É um esforço que está sendo feito para atrair eventos esportivos ao Pará. Nós precisamos mostrar que somos a melhor síntese da Amazônia, pela beleza que reunimos, pelo potencial que temos e pelas pessoas que vivem aqui", enfatizou.

Santarém também concorre como uma das cidades aptas a receber seleções. Até dezembro uma nova lista será divulgada pelo Comite Organizador Local da Copa do Mundo e a expectativa é que a cidade seja uma das indicadas. Os CTS são locais que servirão como base para as equipes durante o mundial de 2014. A licitação, orçada em R$ 21 milhões, para a reforma do Estádio Colosso do Tapajós, em Santarém, no oeste do Estado, foi aberta nessa semana, aumentando ainda mais as chances da cidade se tornar uma sede de treinamento para seleções. "O estádio se adequa às condições da Fifa, contribuindo para o município também esteja entre os que servirão de Centro de Treinamento para a Copa de 2014", afirmou o secretário de Esporte e Lazer do Estado, Marcos Eiró.