Baile da terceira idade mostra criatividade e animação

Criatividade nas fantasias e animação na passarela marcaram a disputa pelo título de Rainha das Rainhas do Carnaval da Terceira Idade, uma das atrações do 14º Baile Carnavalesco da Terceira Idade, promovido na sede campestre do Grêmio Literário Português, na quinta-feira (27), pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). O baile integra a programação cultural do Programa Vida Ativa na Terceira Idade, implantado pelo governo do Estado em parceria com várias entidades.

Ao som da Banda Orlando Pereira, 12 candidatas disputaram o concurso, vencido por Maria das Graças Nogueira, 64 anos, representante da Associação Lions Clube de Icoaraci. A “Rainha”, que levou à passarela a fantasia “Samba Brasil”, participou pela primeira vez do concurso. “É uma emoção muito grande participar e vencer principalmente na idade em que estou”, declarou Maria das Graças.

A primeira princesa foi Ivone Cavalcante, com a fantasia “Rainha de Bateria”, e o título de segunda princesa ficou com Adail da Silva, fantasiada de “Festa de Fé”. “Quando eu era jovem sentia vontade de desfilar, mas não tinha oportunidade. Então, estou aproveitando a melhor idade para concretizar meu sonho de menina”, disse Adail.

Aos 96 anos, Enedina Oliveira participou do baile, que frequenta há 10 anos. Segundo ela, a festa é um momento de se divertir. “Na minha mocidade quase não aproveitei. Mas hoje, aproveito este momento de alegria”, disse.

Autoestima - Segundo Renilce Nicodemos, secretária de Estado de Esporte e Lazer, o Programa Vida Ativa na Terceira Idade oferece atividades esportivas, recreativas e de saúde, visando melhorar a autoestima dos idosos. “O baile é um grande momento para o público da terceira idade, que se descontrai e revigora”, ressaltou.

Valdemar de Oliveira, 82 anos, pratica natação, hidroginástica, atletismo, aerodança e corrida. Para ele, o “Vida Ativa” transformou sua vida, pois se sente mais jovem e saudável. “Com as atividades tenho a oportunidade de fazer exercícios, cuidar da minha saúde e participar de momentos inesquecíveis, como esta festa”, afirmou.  

A primeira-dama do Estado, Ana Jatene, destacou a importância do evento promovido pela Seel. “O baile está lindo. Eu já tive oportunidade de acompanhar algumas atividades que fazem parte do Programa Vida Ativa, e vejo que o maior exemplo de vida transmitido por estes idosos é a vitalidade”, frisou.

O Programa Vida Ativa na Terceira Idade foi criado pela Seel, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), para prestar atendimento médico e odontológico, e também oferecer diversas atividades esportivas para idosos, a partir de 50 anos, como hidroginástica, dança recreativa, alongamento, aerodança, caminhada, voleibol, ginástica, natação, e atividades de memorização. Os idosos também recebem acompanhamento nutricional e psicológico. Atualmente, são atendidos cerca de 2.500 idosos.

Para se inscrever no programa é necessário levar a cópia da carteira de identidade, comprovante de residência, duas fotos 3x4 e atestado médico, para comprovar se está em condições para fazer atividades físicas.

Os polos do programa funcionam no Estádio Olímpico do Pará (o Mangueirão), na sede do Clube do Remo, Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Pará (Asalp), Grêmio Literário Português e no Hospital Regional Abelardo Santos, em Icoaraci.

Luana Valente - Ascom / Seel

Data: 28/02/2014