Atletas paraenses foram selecionados para a Seleção Brasileira de Boliche

Os atletas de boliche Dayse Silva e Maurício Schuter foram classificados para participar da Seleção Brasileira de Boliche. A seletiva foi realizada pela Confederação Brasileira de Boliche (CBBOL), entre os dias 1 e 4 de março, em Brasília – DF. A disputa visou definir os 6 melhores colocados nas categorias masculino e feminino para compor o time da Seleção Brasileira.

A seletiva contou com a participação de atletas da modalidade de todos os estados do Brasil, sendo que, 24 atletas mulheres e 45 homens. Dayse conquistou a 5ª classificação, a proporcionando a vaga de titular e Maurício se classificou em 11º lugar, e está com o posto de reserva permanente.

Segundo a presidente da Federação Paraense de Boliche (FEPABOL), Lauro Neto, é a primeira vez que um homem paraense conquista uma vaga na Seleção Brasileira de Boliche. “Sinto-me orgulhoso em ver que o Estado do Pará está muito bem representado, e que a partir de agora a figura masculina paraense marca presença na Seleção Brasileira”, revela Lauro.

Dayse explica que participa do Programa Bolsa Talento, há mais de 13 anos, e fala sobre a importância desta iniciativa na sua trajetória esportiva. “O apoio que recebo do Bolsa Talento foi fundamental para todas as minhas vitórias, pois é muito difícil chegar na Seleção Brasileira, porém, mais difícil ainda é permanecer. Então, sem esta ajuda nada disso seria possível”, diz.

A atleta Dayse compete pelo Clube do Paysandu. Recentemente, a atleta conquistou o 3º lugar na XII Taça de Belém. Em 2013, se classificou em 3º lugar pela Taça de São Paulo, além de ser vice-campeã da fase de duplas e vice-campeã brasileira de seleções de São Paulo.

Já o Maurício Schuster, joga pela Assembleia Paraense, é o atual campeão da XII Taça Cidade de Belém, mas conquistou vários títulos entre eles o Campeonato Brasileiro Individual Adulto, sendo ouro no All Eventes, espécie de fase classificatória, e vice-campeão na 3ª Divisão, além de ocupar a 35ª colocação do ranking da confederação brasileira desta modalidade. Os esportistas paraenses têm como maior objetivo conquistar uma vaga nos próximos jogos Pan-Americanos de 2015, que será realizado em Toronto, no Canadá.

Em visita à Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (SEEL), os atletas junto ao presidente da FEPABOL, trouxeram as medalhas e agradeceram à secretária Renilce Nicodemos, pelo o apoio prestado no custeio das passagens e estadias para participarem da competição.

Programa Bolsa Talento - Foi implantado em 2000, no Pará pelo Governo do Estado e mantido pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (SEEL). A proposta é estimular o desenvolvimento físico, social e psicológico do atleta, trabalhando com modalidades semi-olímpicas, olímpicas, amadoras e paraolímpicas. Atualmente o programa atende 170 atletas, sendo que 120 de ranking e 50 de ranking estadual. As federações esportivas são responsáveis por realizar a indicação dos atletas que conseguem se mantém no ranking, por meio de relatórios que são enviados para a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer.  

Luana Valente - Ascom / Seel

Data: 10/03/2014