Atleta paralímpico representará o Pará na Volta Internacional da Pampulha

O atleta paralímpico Rosivaldo Itabereci Andrade Moraes, de 44 anos, representará o Pará na 14ª Volta Internacional da Pampulha, dia 9 de dezembro, em Belo Horizonte (MG). Andrade competirá na prova, que tem percurso de 18 quilômetros, na categoria cadeirante. Desde 2007, através do projeto Bolsa Talento, o atleta vem recebendo apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), que também liberou ajuda financeira para custear passagem e hospedagem de Rosivaldo.

O atleta é mais um exemplo de superação no esporte paralímpico. Ele teve paralisia infantil aos dois anos de idade e ficou sem o movimento das pernas. Em 2006, procurando emprego no município de Ananindeua, ele chegou até a Associação de Deficientes, Pais e Amigos do Município de Ananindeua (Adepama), onde teve contato, pela primeira vez, com uma cadeira de rodas de basquete e quis tentar a sorte no esporte. Mas, após ver uma cadeira de roda para competidores de atletismo em um programa de TV, ele pensou logo em mudar de esporte. “Quando vi na televisão aquela cadeira de rodas, eu fiquei louco”, lembra.

Rosivaldo decidiu participar de competições de atletismo, mas não tinha equipamento apropriado para competir, e inventou sua própria cadeira. “Criei uma cadeira adaptada e mesmo assim fui disputar torneios”. Depois de algumas competições, o Governo do Estado realizou seu grande sonho. Em 2010, ele recebeu da Seel uma cadeira importada, fabricada especialmente para competições. “Fui abençoado e agradeço a Deus e à Seel por ter realizado o meu grande sonho. Hoje, posso competir e representar o meu Estado da melhor forma possível”, relata, bastante emocionado.

Rosivaldo treina durante três dias da semana na pista olímpica do Estádio Mangueirão e continua jogando basquete. No currículo, ele carrega uma medalha de ouro na Etapa do Circuito Caixa Paralímpico, disputado em 2011, no Ceará. Ele também conquistou duas medalhas de prata este ano, nas etapas de Natal (RN) e em João Pessoa (PB). Em Belém, Rosivaldo venceu a corrida do Círio, disputada em outubro.

Ascom Seel